O pilates pode ser o melhor amigo de um praticante de Crossfit

29/03/2016 at 15:00 Deixe um comentário

Capture-d’écran-2013-11-29-à-14.33.17
A boa forma física, o condicionamento e a saúde em dia estão entre as vantagens de quem pratica exercícios. Atividades como o pilates, a musculação, a corrida e os treinos funcionais estão entre as mais procuradas. Mas uma delas, em especial, cresce exponencialmente: o Crossfit. A modalidade está na moda, o que faz com que cada vez mais adeptos apareçam por toda parte. E com o crescimento acelerado, surgem também inúmeros mitos. Um deles é com relação ao potencial de lesões.

O nível de exigência física no Crossfit é muito maior que o de outras modalidades mais conhecidas. Mas não é qualquer um que pode praticar, mesmo que os programas de treinamentos sejam adaptados a cada perfil. É necessário estar com a saúde em dia e com um aval médico. Ainda assim, ninguém está livre de se machucar. E uma das maneiras mais eficazes para a prevenção e recuperação das possíveis lesões do Crossfit é justamente outra atividade: o pilates.

z5_1634
Ao contrário do que a maioria imagina, o pilates atua não apenas no alongamento. Embora faça parte dos benefícios da atividade, a flexibilidade é trabalhada em associação com outras valências, como o fortalecimento da musculatura profunda e o consequente ganho de força. A prática do pilates nos dias de descanso do Crossfit ainda pode trazer benefícios ao desempenho do atleta.

Todos os movimentos exploram corretamente a mecânica da respiração, com atenção especial à postura, o que minimiza o risco de lesões. O pilates não tem a hipertrofia (crescimento muscular) como objetivo. Assim, o único peso utilizado é o do próprio corpo, ou a tensão de molas ou elásticos. Por isso, possibilita uma melhor percepção dos movimentos, resultando em maior precisão e controle, fundamentais para a execução das técnicas do Crossfit.

SandrinePilates_59

Respiração sob controle

A respiração está ao lado da alimentação na lista dos aspectos fundamentais para quem espera melhorar a performance em outras atividades. Por trabalhar a respiração, o pilates auxilia no aumento da potência respiratória. A mecânica trabalha grupos musculares das costas e do tórax para ampliar a captação de ar pelos pulmões. O resultado é maior oxigenação das células e, para quem pratica Crossfit, reflexos diretos na força e na resistência.

Correção postural

Um fator importantíssimo na prevenção de lesões é a postura. E muitos atletas acabam carregando vícios de posturais, por não fazerem exercícios específicos para a sustentação da coluna. E isso pode ser fatal durante a prática do Crossfit.

Crossfit-girl_1-1024x682
A consciência corporal do pilates faz o aluno encontrar o alinhamento correto da coluna. A atuação no fortalecimento dos músculos abdominais, lombares e do assoalho pélvico (conhecidos como core) é um dos trunfos da modalidade.

Treino livre de lesões

Não dá para eleger um grupo específico de músculos importantes para o Crossfit. Dependendo do “WOD” (treinamento do dia), o impacto é direto nas costas, nas pernas ou nos ombros. Mas, conforme já visto anteriormente, com a região central do corpo fortalecida pelo pilates, os músculos menores acabam aliviados da pressão, que passa a ser dividida.

1430226322621

A flexibilidade adquirida também pode evitar contraturas, o que aliado ao aumento da capacidade pulmonar, reduz a agressão sentida pelos músculos após sessões pesadas de treinos.

Não importa a modalidade. Todo atleta é um potencial lesionado. A chave não está no Crossfit ou na corrida, numa atividade ou outra. O fator principal é como ele se previne. O que você faz para evitar lesões? Como se recupera de um treino pesado? Se você está pensando em como responder a essas perguntas, procure um espaço de pilates. E ainda que tenha uma resposta, experimente mudar. Procure o Espaço Vertical Zen para mais orientações.

pistol-crossfit

Anúncios

Entry filed under: Atividades Físicas, Espaço Vertical Zen, Esportes, Pilates. Tags: , , , , .

Não resiste a uma cervejinha? Veja como o álcool pode influenciar na performance

Obrigado por comentar em nosso Blog.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d bloggers like this: